leitura

título

19 outubro 2013

Um único lugar o qual quero estar

Som de pássaros.
Dia tranquilo, calmo.
O vento esta em uma leve brisa.
O vento nos meus cabelos, levando embora.
O som familiar, as ondas batendo nas rochas.
Mente vazia.
Nada de pensamentos.
As horas passam lentamente.
Adormeço ali mesmo, na areia fofa.
Sinto vazio.
Estou sozinha.
Sem chão.
cade todo mundo?
Lagrimas.
Luto para que elas não caem.
Preciso ser dura.
ou a vida passa por cima de mim.
estou mentindo para quem?
Uma hora eu vou perder e as lagrimas correr.

Ass. Aline C. Duarte
P. R. Quantas vezes forem necessárias.
Aline C. Duarte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Primeiramente obrigada pela visita, se quiser deixe seu comentário aqui.

- Por favor, comente sobre a postagem;
- Se você tiver um site, blog, etc, não comente apenas "seguindo, segue também?", comente sobre a postagem e deixe o link, saiba como aqui, se eu gostar, eu sigo;
-Não aceito comentários ofensivos, apenas construtivos;
-Todo comentário obsceno, ilegal, ofensivo e/ ou escrito todo em letra maiúscula, será apagado
-Se precisar de ajuda, procure deixar o máximo de informação possível;

Se você gostou do blog, ajude a divulgá-lo, é simples! Obrigada pela visita.