leitura

título

02 agosto 2013

Cotidiano [parte 2/2]

Boa tarde!



Você não tem noção das coisas que se passam 
por uma mente pensante enquanto eu lavo as roupas!! 
Fiz 3 poemas, xinguei algumas pessoas em pensamento, 
pensei, pensei, pensei, e o resultado esta ai:

O que é silenciar?




É apenas se calar?

Seus pensamentos acabar?

É diante de uma injustiça não saber argumentar?

É diante de uma ofensa sua mente travar?

É querer no seu silencio fazer a pessoa pensar?

É diante da mentira não se enganar?



Ass. Aline C. Duarte

Pense. Repense. Quantas vezes forem necessárias. 
02/08/2013 
Aline C. Duarte



Como te ensinar a amar?




Diga que me amas

Mas não só para mim

Eu sei que me amas

E jamais esquecerei.



Mas diga aos que te rodeiam e te odeiam.

Diga ao mundo o que sentes por mim.



Demonstre que me amas,

Demonstre a mim

Eu sei que não te envergonhas

E jamais esquecerei o que demonstraste.



Mas demonstre também ao que te odeiam.

Demonstre ao mundo o que sentes por mim.



Não para eles sentirem inveja de nós, 

De nosso amor, 



Mas para que eles saibam e jamais esqueçam

Que existe em você o amor,

O amor de uma mulher,

Que quer passar o resto de sua vida ao seu lado,

Não importando o que acontecerá,

Ela quer estar ao seu lado para sempre.



Para que eles saibam e jamais esqueçam

Que sua alma viajante e sem sentimento

Retornou ao corpo, 

Porque o sentimento ali morto ressurgiu das cinzas,

O sentimento ali adormecido acordou do sono profundo,

O sentimento ali ferido se curou,

O sentimento ali desmontado em mil pedaços 

Foi remontado,

O sentimento ali chorando, as lagrimas secaram, 

O sentimento ali envenenado foi curado!



Porque amar é cuidar, 

Amar é ser cura para tudo na vida de alguém.

Eu sou o amor que fez sua alma voltar ao corpo,

Eu sou quem te acordou dos pesadelos,

Eu sou a cura para suas feridas,

Eu sou quem juntou os pedaços de seu coração,

E os montei perfeitamente,

Eu sou quem secou suas lagrimas, 

Eu sou sua menina, sua mulher!



Ass. Aline C. Duarte

Pense. Repense. Quantas vezes forem necessárias. 
02/08/2013 
Aline C. Duarte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Primeiramente obrigada pela visita, se quiser deixe seu comentário aqui.

- Por favor, comente sobre a postagem;
- Se você tiver um site, blog, etc, não comente apenas "seguindo, segue também?", comente sobre a postagem e deixe o link, saiba como aqui, se eu gostar, eu sigo;
-Não aceito comentários ofensivos, apenas construtivos;
-Todo comentário obsceno, ilegal, ofensivo e/ ou escrito todo em letra maiúscula, será apagado
-Se precisar de ajuda, procure deixar o máximo de informação possível;

Se você gostou do blog, ajude a divulgá-lo, é simples! Obrigada pela visita.