Livro do dia: HEAVIER THAN HEAVEN A Biografia de Kurt Cobain CHARLES A. CROSS

Bom dia! 

Vou falar do meu livro favorito!!

HEAVIER THAN HEAVEN
A Biografia de Kurt Cobain
CHARLES A. CROSS


Heavier Than Heaven apresenta a vida singular de Kurt Cobain, o mítico líder do Nirvana, banda que revolucionou o estagnado mundo da música rock groung no início da década de 1990, com o lançamento do clássico álbum Nevermind. 

Em capítulos que evoluem em ordem cronológica, Charles A. Cross traça a vida de Cobain desde sua infância, quando ele morava no interior de um trailer numa cidade perdida do estado de Washington, até a conquista da fama, do sucesso e da adoração de toda uma legião de fãs. 

Heavier Than Heaven revela os dramas familiares que instigaram a criatividade musical de Cobain, a história da geração que moldou seu caráter e sensibilidade, detalhes do vício pela heroína, os planos suicidas e seu estranho e conturbado caso de amor com Courtney Love. Analisando relatos médicos e policiais, e cartas do próprio músico, Charles Cross também revela fatos novos sobre a saúde de Cobain, sua depressão e seus últimos dias.

Uma paixão!! Eu tenho e não me arrependo de ter o comprado e o lido!!

Resumo:


Kurt Donald Cobain, conhecido internacionalmente por Kurt Cobain (Aberdeen, 20 de Fevereiro de 1967 — Seattle, 5 de Abril de1994), foi um cantor, compositor e músico estadunidense, famoso por ter sido o fundador, vocalista e guitarrista da banda grunge Nirvana.

Dentre suas principais composições, o single Smells Like Teen Spirit, do segundo álbum do Nirvana, "Nevermind", foi o responsável pelo início do sucesso do grupo e do próprio Kurt, popularizando um subgênero do rock alternativo chamado grunge. Outras bandas grunge de Seattle, como Alice in Chains, Pearl Jam e Soundgarden, ganharam também um vasto público e, como resultado, o rock alternativo tornou-se um gênero dominante no rádio e na televisão nos Estados Unidos do início à metade da década de 1990

O Nirvana foi considerada a banda "carro-chefe da Geração X", e seu vocalista, Kurt Cobain, viu-se ungido pela mídia como porta-voz da geração, mesmo contra sua vontade. Cobain estava desconfortável com a atenção que recebeu, e colocou seu foco na música da banda, acreditando que a mensagem da banda e sua visão artística tinham sido mal-interpretadas pelo público, desafiando a audiência da banda com o seu terceiro álbum In Utero. Desde sua estreia, a banda Nirvana, com Cobain como compositor, vendeu mais de vinte e cinco milhões de álbuns nos Estados Unidos, e mais de cinquenta milhões em todo o mundo.

Durante os últimos anos de sua vida, Cobain lutou contra o vício em heroína, doenças, depressão, fama e imagem pública, bem como as pressões ao longo da vida profissional e pessoal em torno dele próprio e de sua esposa, a cantora Courtney Love. Em 8 de abril de 1994, Cobain foi encontrado morto em sua casa em Seattle, três dias após a sua morte, vítima do que foi oficialmente considerado um suicídio por um tiro de espingarda na cabeça. As circunstâncias de sua morte, por vezes, tornam-se um tema de fascínio e debate.

A vida do cantor já foi retratada de várias maneiras e diversas vezes após a sua morte, seja no cinema, em livros ou em documentários televisivos. A primeira delas foi em 1998, com o documentário Kurt & Courtney, em seguida, em 2005, foi produzido o filme "Últimos Dias", um filme de gênero drama que narrava de forma fictícia os últimos dias de vida de Kurt, e o documentário Kurt Cobain - Retrato de uma Ausência, lançado em 2006, que continha entrevistas de amigos, parentes e do próprio Cobain. Em 2006, doze anos após a sua morte, a revista Forbes listou as treze celebridades mortas que mais lucraram nos últimos doze meses do respectivo ano. O cantor ficou em primeiro lugar da lista, com ganhos estimados em cinquenta milhões de dólares.

Kurt Cobain: Retrato de uma Ausência (Legendado) - Parte 1
Kurt Cobain: Retrato de uma Ausência (Legendado) - Parte 3
Kurt Cobain: Retrato de uma Ausência (Legendado) - Parte 11
Kurt Cobain: Retrato de uma Ausência (Legendado) - Parte 12

Minhas músicas favoritas:

Essa eu até já postei aqui no blog :)


Amo essa!!

Big cheese!!


Escutei muuito essa musica, foi uma das primeiras a eu conhecer:


Essas também:


E essa:


Essa música não foi composta por ele, mas que diz o que ele gostaria de dizer e a versão acústico unplugged MTV é a melhor:


Versão composta, cantada e tocada(na bateria) por Kurt, perfeita!


E não podia faltar: A música que eternizou a banda no álbum NEVERMIND:


Cada um tem uma opinião sobre o assunto da morte do atro do rock groung, mas isso aí é mais do que esperado, até porque todos somos diferentes e posteriormente mentes e opiniões diferentes.

Tenha um ótimo dia!!




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

[Dicas de Bodas] Cartas "Abra Quando..." DIY

[Dicas de Bodas] Bodas de namoro- 1-2 anos DIY

[Dicas de Bodas] Bodas de namoro- 2 anos